Sevenia Inovação em Energia apresenta na maior banca de startups do país no Demoday InovAtiva 2015


finalistaPorto Alegre, 30 de novembro – A Sevenia, startup da cidade de Porto Alegre, RS, participou nesta segunda-feira (30 de novembro), com outras 91 empresas, da maior banca de startups do país no Demoday InovAtiva 2015, que encerrou o Ciclo de aceleração do programa InovAtiva Brasil este ano. O evento, realizado dentro da 4ª Conferência Nacional de Investimento Anjo, reuniu quase 100 convidados nas cinco bancas de avaliação, entre diretores e executivos de grandes empresas como Johnson & Johnson, Embraer, Bosch, TOTVS, Dow Chemical, Natura, Gerdau, além de dezenas de executivos de fundos de investimento e investidores-anjo associados ao Instituto Anjos do Brasil.
A empresa Sevenia desenvolve soluções inteligentes em geração de energia própria, projetos para micro e minigeração solar fotovoltaica para todos os tipos de clientes que queiram economizar energia elétrica.
Antes da apresentação, os diretores da Sevenia participaram de um programa gratuito de aceleração de sete meses, com cursos de capacitação online e mentorias individuais. A última etapa dessa preparação foi realizada no último fim de semana (28 e 29/11), no Bootcamp final InovAtiva 2015, com dois dias de treinamento intensivo com executivos e investidores experientes. Para Antônio Albuquerque, CEO da Sevenia, esta fase do programa Inovativa foi muito importante porque ajudou na capacitação da equipe, na profissionalização do negócio, de interagir com outras startups e não ficar olhando para o próprio umbigo. Além da divulgação e visibilidade neste processo de networking promovido pelo InovAtiva que fortaleceu nossa marca e produtos.
O InovAtiva Brasil, realizado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) desde 2013, é o mais amplo programa de aceleração de startups do país. Para Marcos Vinícius de Souza, Secretário de Inovação do MDIC, essa última etapa do Ciclo de aceleração 2015 foi de grande importância para o futuro dessas empresas, uma vez que prepara os participantes para encararem o mercado. “Os empreendedores que participaram do InovAtiva Brasil, em geral, são técnicos que possuem conhecimento e experiência em negócios. Nesta terceira e última fase nós ajudamos os participantes a construir a melhor forma de apresentar seus projetos para potenciais investidores e clientes, aumentando as chances de aportes”, afirmou. O Secretário destaca que, de forma mais ampla, o objetivo do InovAtiva é ser o primeiro passo para qualquer startup do Brasil captar recursos e conquistar clientes.
Saiba mais sobre o programa InovAtiva Brasil: InovAtiva Brasil