Dia da Sobrecarga da Terra


 

 

Restando ainda 5 meses para o ano acabar, já extrapolamos o limite de recursos naturais utilizados capaz de repor em 1 ano

A capacidade de repor a extração em excesso de recursos naturais para uso próprio de nós, humanos, é medida através do Dia da Sobrecarga da Terra (Earth Overshoot Day) desde 1969 pela organização Global Footprint Network. Este ano a marca foi no dia 2 de agosto.

2017 é o ano que esta data chegou mais cedo em 48 de dados levantados. Um dia após o registro de 2016 e 2 após 2015. O primeiro registro de ultrapassar o limite foi em 1971 no dia 21 de dezembro. Ou seja, o consumo de recursos naturais dentro de um ano cresce monstruosamente com o passar dos anos.

A organização também desenvolve uma lista de como seria se o mundo vivesse do mesmo modo que cada país vive. O ranking de 2017 é liderado pela Austrália que faria com que precisássemos de no mínimo 5,2 Terras para viver. Os Estados Unidos seguem o ranking em segundo com 5, logo vem a Coréia do Sul com 3,4. O Brasil é o 13º com 1,8.

Para alcançar a projeção de voltar a um planeta de consumo em um ano, a Global Footprint Network trabalha com cerca de 30 parceiros em todo mundo, encoraja indivíduos a ajudar com o movimento #movethedate, ou seja, retroceder a data de “estouro”. Sua projeção é retroceder 4,5 dias por ano para em 2050 termos um planeta de consumo por ano novamente, ou talvez nem extrapolarmos o limite.

É possível conferir o anúncio do Dia da Sobrecarga da Terra aqui e também os registros dos outros anos.